Web
Analytics
Brasilia
18 Jun, Tuesday
27° C
TOP
'Do começo ao fim' enfrenta assunto controverso com compaixão

‘Do começo ao fim’ enfrenta assunto controverso com compaixão

Assisti a Do começo ao fim, um filme brasileiro com temática gay muito aguardado, numa sexta-feira à noite no Park Shopping, e fiquei um pouco desapontado com o roteiro e algumas das atuações. Dirigido e escrito por Aluisio Abranches, Do começo ao fim conta a história de amor entre dois meio-irmãos, Francisco e Tomás, que cresceram juntos no Rio com sua mãe Julieta (Julia Lemmertz) e tornaram-se amantes. A primeira metade do filme mostra os dois com seis e onze anos respectivamente. Representados por Lucas Cotrin (Francisco) e Gabriel Kauffman (Tomás), os jovens atores estão muito mais convincentes e naturais como os irmãos moços do que João Gabriel Vasconcellos (que é modelo da Ford na vida real) como o adulto Francisco e Rafael Cardoso como o adulto Tomás, cujas atuações resultam demasiado inseguras e, assim, irritantemente piegas.

A atriz veterana Lemmertz está excelente como mãe dos dois meninos. Ela nota a intimidade desenvolvida entre os meio-irmãos, mas não faz nada para interrompê-la. Ao invés disso, tem uma conversa de coração para coração com Francisco e diz ao mesmo que ele não deveria se envergonhar dos seus sentimentos e que, se ele quisesse falar sobre seus sentimentos por seu irmão, ela estaria lá para ouvi-lo.

O diretor Abranches teve problemas em conseguir financiamento para o filme em função da temática controversa do amor gay e incestuoso. Alguns produtores ofereceram apoio apenas se os personagens fossem transformados em heterossexuais ou primos no roteiro. Ele se recusou a tanto e foi, ainda assim, capaz de obter orçamento suficiente para terminar o filme. O diretor afirma que ele não está tentando levantar qualquer bandeira, mas apenas contar uma história de amor sem fazer quaisquer julgamentos a respeito dela.

Vasconcellos, como o Francisco adulto, ria demais durante as cenas, o que achei irritante e me pareceu um efeito colateral de seu nervosismo e do fato de ser ele um ator neófito. Lapsos no roteiro também fizeram com que eu e outros espectadores nos perguntássemos como os dois irmãos podiam viver juntos como amantes sem jamais encontrarem qualquer hostilidade dos amigos e parentes.

Seja como for, Do começo ao fim é um bom filme, que enfrenta um tema potencialmente controverso com dignidade e compaixão.